Seja bem-vindo. Hoje é

22 de ago de 2011

O Livro dos Espíritos - Mundo espírita ou dos espíritos

Parte Segunda

Capítulo 1 – dos Espíritos

Origem e natureza dos Espíritos


76. Que definição se pode dar dos Espíritos ? (1)


– Pode-se dizer que os Espíritos são os seres inteligentes da Criação. Eles povoam o universo, fora do mundo material.
"A palavra Espírito é empregada aqui para designar a individualidade e não mais o elemento inteligente universal."


77. Os Espíritos são seres distintos da Divindade ou seriam somente emanações ou porções da Divindade e chamados, por essa razão, filhos de Deus ?


– Meu Deus! São obras de Deus. Exatamente como um homem que faz uma máquina, essa máquina é a obra do homem, mas não é ele próprio. Quando o homem faz uma coisa bela, útil, a chama sua filha, sua criação. Pois bem! Ocorre o mesmo com Deus: somos seus filhos, porque somos sua obra.


78. Os Espíritos tiveram um princípio, ou são como Deus, de toda a eternidade ?


Se os Espíritos não tivessem tido um princípio, seriam iguais a Deus. São sua criação e submissos à Sua vontade. Deus existe de toda a eternidade, isso é incontestável. Mas saber quando e como nos criou, não sabemos nada. Podeis dizer que não tivemos princípio, se entenderdes com isso que Deus, sendo eterno, tem criado sem descanso. Mas quando e como cada um de nós foi criado, repito, ninguém o sabe: esse é o mistério.


79. Uma vez que há dois elementos gerais no universo: o inteligente e o material, pode-se dizer que os Espíritos são formados do elemento inteligente, como os corpos inertes são formados do elemento material ?


– É evidente. Os Espíritos são a individualização do princípio inteligente, como os corpos são a individualização do princípio material. A época e o modo dessa formação é que são desconhecidos.


(1) As perguntas feitas aos Espíritos estão em letras normais e as repostas destes estão em grifo. As notas de Allan Kardec estão entre aspas.


Perguntas e respostas extraídas do Livro dos Espíritos (Allan Kardec)

Página principal

Nenhum comentário:

Postar um comentário